The Wedding Eve

Home / Resenhas / Mangás / The Wedding Eve
Juliana Yendo

Juliana Yendo

Sócia fundadora em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Juliana Yendo é fundadora da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ela? Confira abaixo! =] Se quiser conhecer mais sobre ela, acesse "Nossa Equipe" no menu principal!
Juliana Yendo

Últimos posts por Juliana Yendo (exibir todos)

TheWedingEve_capa_2017

 

The Wedding Eve – A Véspera do Casamento & outras histórias (ou Shiki no Zenjitsu) é um dos poucos mangás do tipo josei (gênero voltado para o público feminino adulto) publicados no Brasil. O mangá possui um único volume e foi trazido pela Panini Comics. Trata-se de um compilado de seis histórias curtas e independentes.

Confesso que foi o segundo mangá do gênero que li (o primeiro foi Paradise Kiss e para ser bem  sincera, descobri só agora que se trata de um josei e não um shōjo – hehe, peço desculpas pela ignorância aos experts no assunto ^^’). À primeira vista, The Wedding Eve me deixou com uma impressão de estranhamento. A capa, bonita e muito bem desenhada, fez com que eu criasse uma grande expectativa antes de começar a ler. Porém, fiquei meio decepcionada com as ilustrações das histórias: em alguns momentos, o traço é okay; em outros, deixa a desejar. O título nos induz a concluir que se trata de uma obra que tem o romance (entre um casal) como tema central, mas na verdade, o eixo principal das histórias é o relacionamento num sentido mais amplo – entre irmãos, pai e filha.

Fiquei incomodada por não estar “entendendo a vibe” desse tipo de mangá. Resolvi pausar a leitura e pesquisar um pouco, pra evitar preconceitos. Depois de “entrar no clima” e entender como funciona a temática desse tipo de mangá, consegui voltar a ler com o olhar diferente, sem prejulgamentos excessivos. Achei de extrema importância ter o conhecimento de algumas coisas, para não criar mais falsas expectativas: são histórias que retratam fatos do cotidiano de forma realista, com traços bastante sóbrios; dificilmente há ficção, fantasia ou humor.

Em cada história, a autora retrata diferentes tipos de relacionamento e um acontecimento importante que impacta diretamente o convívio entre os envolvidos. Como se trata de um mangá voltado para um público-alvo bastante específico (mulheres mais sérias), pode ser que não agrade imediatamente a maior parte dos leitores (como aconteceu comigo :S).


Ficha Técnica

Título original: Shiki no Zenjitsu

Autora: Hozumi

País de origem: Japão

Editora: Panini Comics

Lançamento: 2016

Tradução: Luciane Yasawa

Edição: 1ª

Volumes: 01

Preço Médio: R$15,90 | Compre na SaruDrop

TheWeddingEve_Score_2017

 

Estilo: 8 exp. A ilustração da capa é muito bonita, porém os desenhos da história em si não são “de cair o queixo”. A capa não reflete o estilo de desenho da autora. Os traços do mangá não são limpos e, particularmente, os traços “cabeludos” não me agradam (esse estilo de desenho é muito evidente no segundo conto do mangá).

Personagens: 5 exp. Como as histórias são bem curtas, não há tempo para entender profundamente cada personagem. Todos são retratados de forma rápida, o que nos deixa apenas uma “impressão” de como é a personalidade de cada um. O foco da obra é mais o relacionamento e o convívio em si do que os personagens.

Qualidade da plot: 8 exp. Algumas histórias são mais interessantes e profundas do que outras. Porém, por se tratarem de pequenos fragmentos da vida cotidiana, ao final de cada episódio, fica uma sensação de “E aí…? Quero saber o que mais acontece”.

Cuidado com os detalhes: 5 exp. De forma geral, não há um grande cuidado com os detalhes.

Empatia com o leitor: 4 exp. O público-alvo do mangá é bem restrito. Não é um tipo de leitura “para descontrair”. É preciso ter empatia com o gênero e estar com a sensibilidade acentuada para aproveitar a leitura.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: