Lovely Complex

Home / Resenhas / Mangás / Lovely Complex
Mari

Mari

Colaboradora em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Mariana Pelissoli é colaboradora da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ela? Confira abaixo! =] Se quiser conhecer mais sobre esta colaboradora, acesse "Nossa Equipe" no menu principal!
Mari

Últimos posts por Mari (exibir todos)

 

Lovely Complex ou LoveCom é um mangá shoujo lançado no Brasil bimestralmente pela editora Panini.

Este mangá conta a história de Koizumi Risa e Atsushi Otani, estudantes do primeiro ano do colegial extremamente complexados com suas alturas: Risa, por ser alta demais e acabar intimidando os garotos à sua volta, e Atsushi por ser baixo demais e ser visto pelas garotas apenas como “fofinho” e não como um garoto “bonito”.

Eles tem personalidades e gostos muito parecidos e, por estarem sempre discutindo ou falando a mesma coisa ao mesmo tempo, ficam conhecidos por All-Hanshin & Kyojin, uma dupla japonesa de comediantes conhecida por terem alturas muito diferentes.

O diferencial de Love Com, é que ele não foca apenas nisso, e sim nos altos e baixos dos adolescentes que estão descobrindo as amizades, o amor e superando seus medos e preconceitos. Há muitas decepções e reviravoltas na trama, e o amor vai aparecendo aos poucos. Também os personagens são muito variados, e cada um tem seu próprio complexo à ser superado, como Chiharu, que tem medo de falar com homens.

Gosto muito da Risa, pois ela não é uma protagonista shoujo fraca e meiga, e nem sequer uma garota dominadora, ela tem seus pontos altos e baixos e não tem medo de ser ela mesma, mesmo que ela seja briguenta, insegura e dona das expressões mais engraçadas do mangá.

 

lovelycomplex_foto-1
Risa e seu belo sorriso

 

A história de amizade e superação já ganhou o Prêmio Shogakukan de Mangá, que é um dos prêmios mais importantes dos mangás no Japão.

Não tem nada de novo nesta série, mas o jeito sensível e engraçado da autora de contar a história é o que faz ela ser tão especial e ter tantos fãs.

Em 2006, foi lançado um filme live-action chamadoLoveCom – The Movie”, que estrelou Ema Fujisawa como Risa e Teppei Koike como Otani, que na minha opinião é igualzinho ao do mangá! É um filme muito engraçado, vale a pena assistir!

 

lovelycomplex_foto-2
Cartaz do filme

 

Em 2007 ,estreou um anime de 24 episódios da série, e também ganhou um jogo para Playstation 2.

foto-3-maior
Lovely Complex versão anime

 

Uma sequência para a série, intitulada LoveCom Two , foi publicada em maio de 2012. Teve apenas um volume e conta a história de alguns personagens que não apareceram tanto na série original, como o irmão mais novo de Risa, Koizumi Takuto, que agora está em seu primeiro ano no colegial, Mimi Yoshioka, a vizinha de Otani e, Matsubara Kazuko, gerente do restaurante em que Risa trabalha. Espero que chegue logo por aqui também!

 

lovelycomplex_foto-4
Love★Com Two

A edição da Panini está razoável, com papel de jornal e sem páginas extras coloridas, somente a parte de trás das capas possuem cor. Eu achei o preço bem razoável e colecionadores e amantes de shoujo não podem perder!


Ficha Técnica

Título original: Lovely Complex – RabuKon

Autores: Aya Nakahara

País de origem: Japão

Editora: Panini

Lançamento: 2016

Tradução: Drik Sada

Edição: 5 (Out/16)

Volumes: 17

Preço: R$12,90


Personagens Principais

 

lovelycomplex_risa

Risa Koizumi
Koizumi que literalmente se traduz como “Pequena primavera”, não tem nada de pequena, ela tem 1,70m de altura, o que é considerado bem alto para os padrões japoneses. É preguiçosa e adora jogar vídeo game, é bem alegre, impulsiva e energética. Tem um complexo com sua altura e quer se apaixonar por um garoto que seja mais alto que ela, apesar da compatibilidade que possui com Otani.

 

 

lovelycomplex_otani

 

Atsushi Otani
Otani significa “Grande Vale”, o que não diz respeito exatamente à sua altura, 1,56m. Joga basquete muito bem e possui quase que exatamente os mesmos gostos que Risa, e estão sempre juntos, mesmo que discutindo, tanto que acabaram sendo conhecidos como a dupla de comediantes da escola.

 

 

lovelycomplex_nobu

 

Nobuko “Nobu” Ishihara
Melhor amiga de Risa, ela é a mais experiente em relacionamentos e sempre dá conselhos as outras garotas, é muito boazinha e atenciosa. É a namorada de Nakao.

 

 

lovelycomplex_nakao

 

Heikichi Nakao
Faz parte do time de basquete junto com Otani e é o namorado de Nobu. Ele é atencioso, tranquilo, simpático e muito dedicado à sua namorada.

 

 

lovelycomplex_chiharu

 

Chiharu Tanaka
Fofinha e estudiosa, faz parte do trio de amigas com Nobu e Risa. É bem tímida e tem medo de falar com garotos, se dava bem com Otani pois por ele ser baixinho não dava a impressão de estar falando com um garoto (coitado).

 

 

lovelycomplex_suzuki

 

Ryoji Suzuki
Suzuki é um rapaz bonito, gentil e alto, o que faz Risa se apaixonar à primeira vista por ele. Mas ele é muito tímido, e só consegue falar normalmente com Risa, pois por ela ser alta como ele, não dava a impressão de ele estar falando com uma garota (pobre Risa…).

 

Estilo: 10 exp. A arte não é uma das mais impressionantes, mas a autora vai melhorando bastante ao longo da história. Gosto muito da maneira com que os sentimentos dos personagens ficam bem estampado na cara deles, a Risa por exemplo é praticamente um livro aberto para os outros, já que com apenas uma expressão você já sabe o que  ela está pensando.

Personagens: 15 exp. Gosto muito dos personagens principais, Risa é definitivamente uma das melhores protagonistas shoujo dos mangás. Dada a variedade de personagens e tipos de relacionamentos, não tem como não se encontrar neste mangá.

Qualidade da plot: 20 exp. Esta é uma história de amor e superação, já que os personagens sofrem por não possuírem o estereótipo considerado aceitável. Gosto bastante como o foco não é apenas em dar início ao relacionamento amoroso dos personagens e sim em tudo o que tem ao redor disso, como as amizades e também as decepções.

Cuidado com os detalhes: 15 exp. É uma história longa e a autora explora bastante o surgimento do amor entre os personagens, que eu creio que seja o diferencial de Love Com, já que eles não se apaixonam à primeira vista, ou magicamente como acontece em muitos shoujos. Há muitos personagens que vão aparecendo ao longo da história, o que deixa impossível se aprofundar em cada um deles.

Empatia com o leitor: 15 exp. Creio que Love Com é definitivamente um marco para o gênero shoujo. A história é bastante divertida, mas gira em torno de relacionamentos amorosos. É bem romance colegial, então creio que leitoras josei possam não se impressionar muito com a história. Para quem quer começar a ler shoujo e quer uma leitura mais descontraída, vai gostar muito deste mangá!

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: