Anohana

Home / Resenhas / Mangás / Anohana
Juliana Yendo

Juliana Yendo

Sócia fundadora em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Juliana Yendo é fundadora da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ela? Confira abaixo! =] Se quiser conhecer mais sobre ela, acesse "Nossa Equipe" no menu principal!
Juliana Yendo

Últimos posts por Juliana Yendo (exibir todos)

Anohana

 

Anohana ou Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai (Ufa! Em português: Ainda Não Sabemos o Nome da Flor Que Vimos Naquele Dia) é um mangá que está sendo publicado pela editora JBC. Originalmente, a história foi lançada como anime (2011) e depois como mangá (2012). O título, de grande sucesso no Japão, também conta com um jogo para PSP (2012), um filme (2013) e um live-action (2015).

A série totaliza três volumes, sendo que dois deles já foram lançados e o terceiro (e último) chegará às bancas em Outubro. Trata-se de um shoujo classificado como drama, que combina elementos sobrenaturais, um pouco de romance e um toque de humor (o que deixa a trágica história mais leve, com alguns respiros divertidos).

A história retrata um grupo de seis amigos (Jinta, Meiko, Naruko, Atsumu, Tetsudou e Chiriko) que, durante a infância, passa por um episódio bastante trágico – um acidente fatal de uma das integrantes, a Menma (Meiko). A perda impacta o convívio das crianças, que acabam se afastando com o passar do tempo. Certo dia, após alguns anos do incidente, Menma retorna e aparece para Jinta. Seria fruto da imaginação de Jinta? Uma doppelganger? Qual o motivo do seu “retorno”?

Anohana é um mangá bastante envolvente, desde o começo da história. O traço dos desenhos é bonito e a trama prende muito a atenção: o leitor se emociona e fica curioso para desvendar a razão de Menma voltar.


Ficha Técnica

Título original: Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai

Autora: Mitsu Izumi

País de origem: Japão

Editora: JBC

Lançamento: 2016

Edição:

Volumes: 03

Preço Médio: R$14,90 | Compre na SaruDrop


Personagens Principais • SPOILER ALERT •

anohana_jintanJinta Yadomi (Jintan)

Durante a infância, Jintan era o líder do grupo “Super Peace Busters”, criado com seus amigos. Era um menino extrovertido e animado. Porém, após a morte de Menma e de sua mãe, Jintan torna-se um garoto bastante recluso e apático: ele não vai mais à escola e permanece o dia todo em sua casa. Quando Menma retorna, Jintan é o único capaz de vê-la e ouvi-la. Jintan carrega um sentimento de culpa pela morte de Menma.

 

anohana_menma

Meiko Honma (Menma)

Menma era uma menina entusiasmada, ingênua e generosa. Quando criança, sofreu um acidente fatal após escorregar em uma encosta e cair num riacho. Anos após o incidente, Menma aparece para Jintan com uma aparência mais velha, porém com a mesma personalidade infantil e o mesmo vestido que usava no dia do acidente. Apenas Jintan consegue ver e ouvir Menma, mas a garota consegue interagir com o mundo real – mexer em objetos, comer, cozinhar, jogar.

 

anohana_poppo

Tetsudou Hisakawa (Poppo)

Poppo era um menino baixinho, medroso e fracote. Torna-se um jovem alto e forte, fisicamente irreconhecível se comparado com o Poppo criança (mas sua personalidade e seu jeito de ser continuam os mesmos). É o único que acredita prontamente que Jintan consegue ver a Menma. Tem um papel fundamental em reunir a turma novamente.

 

 

anohana_anaru

Naruko Anjou (Anaru)

Anaru é uma garota gentil e metódica, apesar de sua aparência e comportamento não demonstrarem isso: mostra-se uma pessoa facilmente influenciável pelas colegas da escola. Por trás da maquiagem e da mini-saia, esconde-se uma verdadeira nerd que coleciona jogos e mangás. Preocupa-se com o isolamento de Jintan e tem sentimentos pelo amigo, mas não deixa isso transparecer. Ela e Jintan frequentam a mesma escola.

 

anohana_yukiatsu

Atsumu Matsuyuki (Yukiatsu)

Yukiatsu frequenta uma escola de elite com Tsuruko. Quando Jintan afirma o retorno de Menma, Yukiatsu o trata com indiferença e diz não acreditar nesse contrassenso. Desde a infância, ele alimenta sentimentos de rivalidade por Jintan. Mesmo após a morte de Menma, Yukiatsu guarda fortes sentimentos pela menina, a ponto de se tornar uma obsessão.

 

 

anohana_tsuruko

Chiriko Tsurumi (Tsuruko)

Desde criança, Tsuruko é a integrante mais sensata do grupo. Sempre calma e comedida, é a apaziguadora de brigas. Frequenta a mesma escola que Yukiatsu e está sempre acompanhando o amigo.

 

 

 


Resumo por volume • SPOILER ALERT •

Anohana_vol01

 

Volume 1

Menma aparece para Jintan em sua casa e ele acredita que é tudo fruto de sua imaginação, uma visão resultante do trauma do passado. Jintan descobre que apenas ele consegue enxergar o fantasma de Menma e ela revela ao amigo que retornou para realizar um desejo que, apesar de ser seu, ela não faz ideia do que seja: a única coisa que ela sabe é que o grupo de amigos tem que se reunir, como antigamente, para que ele se realize. Apesar de todos terem mudado e se afastado, Jintan e Poppo tentam desvendar o misterioso desejo de Menma e, aos poucos, o Super Peace Busters (grupo criado pelos seis amigos inseparáveis durante a infância) se reaproxima. Poppo vê Menma perto da antiga base secreta do grupo, avisa os amigos e convoca uma reunião com todos, para tentar desvendar o desejo da amiga. Menma diz a Jintan que não foi ela quem apareceu para Poppo. Todos se reúnem na casa de Poppo, a antiga base secreta, inclusive Menma. Yukiatsu se sente ofendido com toda a história “inventada” por Jintan, sobre o retorno e o desejo de Menma, e diz que todos devem deixa-la descansar em paz, que toda essa história estaria incomodando a alma dela. Ao ouvir essas palavras e perceber que não estavam acreditando em Jintan, Menma acende um dos fogos de artifício trazidos por Anaru e desenha no ar o símbolo do infinito. Todos ficam assustados com a possível “aparição” de Menma.

anohana_vol02

Volume 2

O episódio do fogo de artifício mexe com todos do grupo: Poppo acredita em Jintan desde o início e o incidente apenas reforçou sua convicção; Anaru fica bastante sensibilizada e confusa, mas parece acreditar no retorno da amiga; a princípio, Tsuruko não consegue acreditar completamente na história, mas acha que algo deve ser feito a respeito; Yukiatsu nega-se a acreditar no ocorrido, sente ciúmes por Jintan ser o único que pode enxergar Menma. Jintan, Menma, Poppo, Tsuruko e Anaru se reúnem no bosque próximo à base secreta para tentar encontrar a “outra Menma”, vista por Poppo. Os cinco amigos encontram a “segunda Menma” e descobrem que, na verdade, ela é Yukiatsu vestido de Menma. Todos descobrem que Yukiatsu guarda sentimentos pela garota (e uma certa obsessão), mesmo após anos de sua morte. Yukiatsu e Jintan se reconciliam e o clima fica mais calmo entre o grupo. Jintan, Anaru e Poppo vão até a casa dos pais de Menma em busca de pistas sobre o desejo misterioso. Menma fica chateada e brava ao descobrir que os amigos foram até a casa de seus pais – ela não quer trazer lembranças à sua família, para não deixa-los tristes. O grupo de amigos se esforça cada vez mais para desvendar o enigma do desejo de Menma e quando finalmente estão prestes a colocar um plano em prática, são repreendidos indiretamente pelo pai de Menma.

AnohanaMangá_Score_2017

Estilo: 15 exp. O traço dos desenhos é muito bonito! É o tipo de desenho que me agrada bastante: traços simples, porém delicados e expressivos. Só não dou 20 exp por causa da arte das capas – é simples demais e não chama muito a atenção.

Personagens: 20 exp. Com o desenrolar da história, o leitor conhece cada personagem, como eram durante a infância e como estão agora. Muito difícil não se envolver com os 6 personagens apresentados. Emocionalmente, todos são muito bem trabalhados e retratados. É muito interessante descobrir como cada um lida com o sentimento de perda/culpa.

Qualidade da plot: 20 exp. A história prende a atenção desde a primeira página. Apesar de se tratar de uma trama em torno de um acontecimento bem trágico, a densidade do drama é diluída com respiros cômicos e “fofos”.

Cuidado com os detalhes: 18 exp. A trama é bem amarrada e os personagens e a relação entre eles são trabalhados constantemente. Aos poucos, com flashbacks da infância mesclados aos acontecimentos do presente, o leitor consegue entender melhor cada personagem, o relacionamento entre cada um deles.

Empatia com o leitor: 15 exp. Acredito que esse mangá possa agradar boa parte dos leitores, pois a forma como a história se desenvolve é bem tocante, mas ao mesmo tempo não é um drama tão pesado e 100% deprê. Pessoas que não são muito chegadas em temas sobrenaturais talvez não se identifiquem tanto com o mangá.

 

2 Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: