Ajin: Demi-Human

Home / Resenhas / Mangás / Ajin: Demi-Human
Mari

Mari

Colaboradora em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Mariana Pelissoli é colaboradora da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ela? Confira abaixo! =] Se quiser conhecer mais sobre esta colaboradora, acesse "Nossa Equipe" no menu principal!
Mari

Últimos posts por Mari (exibir todos)

 

Ajin Demi-Human é um mangá lançado bimestralmente pela Panini, e ainda está em publicação no Japão. Conta a história do garoto Kei Nagai, um colegial e recém-descoberto ajin, que está sendo caçado por todos.

Mas o que seriam os ajins? Em 17 anos, desde que eles foram descobertos a humanidade, ainda não conseguiram explicar a existência dos ajins, mas passaram a não os considerar humanos por serem “imortais”. E como a humanidade teme o que não consegue explicar, os ajins são caçados para serem usados em pesquisas científicas, que muitas vezes não passam de tortura.

O único método de identificar um ajin é quando uma pessoa que deveria ter morrido, por exemplo em um acidente de carro em que seu corpo foi completamente destroçado, não morre. E apesar de não haver nenhum registro de ajins atacando humanos comuns, eles ainda são caçados. Os ajins possuem 2 poderes sobrenaturais conhecidos pela população, a imortalidade e a “voz”, que consegue paralisar quem a escuta, mas há um terceiro poder não divulgado e pouco conhecido, os Fantasmas Negros.

Foi lançado uma trilogia de filmes animados da série, o primeiro, Ajin: Shōdō (Ajin: Impulso), em novembro de 2015, o  segundo, Ajin: Shōtotsu (Ajin: Colisão), em maio de 2016, e o terceiro, Ajin: Shōgeki (Ajin: Conflito), de setembro de 2016.

No início deste ano (2016) foi lançado a primeira temporada do anime (confira nossa review aqui!) com 13 episódios, que podem ser vistos através do Netflix (EBA!), e já tem uma nova temporada prevista para outubro!

É uma série muito interessante e apesar de um pouco caro, o tratamento dado pela Panini ao mangá está impecável: folhas brancas sem transparência, capas com orelha e acabamento brilhante nos desenhos e detalhes e páginas coloridas! Sem contar que você consegue encontrar pela internet (alguém aí disse Amazon?) por um preço bem mais amigável! Vale a pena colecionar!


Ficha Técnica

Título original: Ajin

Autores: Tsuina Miura (História – Vol.1) e Gamon Sakurai (Arte/História – Vol 2+)

País de origem: Japão

Editora: Panini

Lançamento: 2016

Tradução: Jae HW

Edição: 1ª

Volumes: 08+ (ainda em publicação no Japão)

Preço: R$17,90


Personagens Principais • SPOILER ALERT •

ajin_kei

 

Kei Nagai
É um aluno do ensino médio que passa os dias estudando para passar em medicina, ao atravessar a rua distraidamente é atropelado por um caminhão e se descobre um ajin, desde então começa a ser caçado por todos, exceto pelo seu melhor amigo de infância Kai, que decide ajuda-lo.

 

 

ajin_kai

 

Kaito
Melhor amigo de Kei na infância, eles perderam contato porque a mãe de Kei não queria que eles andassem juntos, mas é a primeira pessoa que Kei pensa em contatar assim que descobre que é um ajin e não tem para onde fugir. É extremamente leal e confiável, um dos poucos que não se importam sobre o fato de Kei ser um ajin.

 

ajin_tanaka

 

Tanaka
É o ajin número 002, e é usado em inúmeros experimentos cruéis em nome do “progresso da humanidade” em que ele é morto e torturado das formas mais horríveis e agoniantes.

 

 

ajin_tosaki

 

Yu Tosaki
Um funcionário público, membro de alto oficial do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem estar que quer capturar os ajins em benefício próprio, e mantém Izumi como sua guarda-costas, mas deixa sempre bem claro que se não fosse por influencia dele, ela também seria usada como cobaia em experimentos.

 

 

ajin_izumi

 

Izumi Shimomura
Uma ajin que trabalha para o governo como guarda-costas de Tosaki, está sempre apreensiva para não cometer erros na frente dele, que não hesita em ameaça-la de virar cobaia caso ela cometa isso aconteça. 

 

 

ajin_satou

 

Satou
Conhecido como “Boina” é um ajin que não quer que a situação deles continue como está e para “ensinar uma lição” aos humanos vai atrás de Tanaka e Kei para tê-los como aliados.

 

 


Resumo por volume • SPOILER ALERT •

Volume 1

Kei Nagai vive uma vida focada em seus estudos para entrar na faculdade de medicina, e ao sair distraído da aula e atravessar a rua ele acaba sendo atropelado por um caminhão. Após seu corpo ser completamente destruído e ele ainda assim viver, ele descobre que é um Ajin, e exposto publicamente, ele começa a ser caçado por todos, uns em busca de prestígio, outros de uma recompensa em dinheiro.

Os Ajins não são considerado humanos, e apenas 46 deles foram descobertos no mundo inteiro, 2 no Japão, Kai sendo o 3º.

Sem saber a quem recorrer e fugindo desesperado, Kei resolve ligar para Kai, seu amigo de infância, que corre para ajuda-lo a fugir. Depois de serem quase mortos por um grupo e depois por um motoqueiro que reconheceu Kei, eles se escondem em uma casa abandonada, e Kei não entende porque fica constantemente vendo o seu fantasma, porém ele não faz idéia do que é. Decidido a procurar outros ajins para descobrir como viver sem ser descoberto, ele resolve deixar Kai para trás e fugir sozinho.

O governo já está reunindo esforços para capturar Kei, entre eles Tosaki, um funcionário de alto escalão do governo que possui uma ajin como guarda-costas.

Enquanto isso o misterioso ajin Satou “Boina” sai ao resgate de Tanaka, o ajin número 002 que até então estava sendo utilizado como cobaia de experimentos, e juntos vão em busca de Kei, e para atraí-lo resolvem sequestrar sua irmã que estava em um hospital.

Satou resolve ensinar Tanaka à usar seu Fantasma Negro, e assim ele inicia uma batalha com Izumi Shimomura, que estava conversando com a garota, enquanto isso, o fantasma de Satou a sequestra.

Ao sair da casa Kei reflete como será questão de tempo até chegarem até sua irmã, e na mesma hora o telefone de Kai que ele havia roubado toca e o número de sua irmã aparece no visor, ele não atende, mas fica ouvindo a mensagem de voz e descobre que do outro lado está um ajin, ele atende e vai ao encontro deles.

Estilo: 10 exp. Apesar dos Fantasmas Negros serem fenomenais, a arte não impressiona muito, sendo por muitas vezes desproporcional e muito simplificada, não me agrada quando na maioria do tempo os personagens parecem não ter nariz.

Personagens: 20 exp. Os personagens tem personalidades bem variadas e é muito interessante vê-los interagindo entre si, é quase impossível não ficar se colocando no lugar deles e imaginar o que faria em seu lugar.

Qualidade da plot: 20 exp. A história prende do começo ao fim! Completamente inesperada e chocante, é excepcional! Lida muito com a insegurança humana e como ao não classificar algo como “humano”, faz a maioria das pessoas perderem completamente a compaixão e assim faça com que a crueldade seja justificada.

Cuidado com os detalhes: 15 exp. É uma história complexa, por isso há uma imensa quantidade de detalhes e fatos que vamos descobrir apenas nos próximos volumes, o porém é que às vezes a história vai mudando de cenário muito rápido e inesperadamente, o que impede uma leitura mais rápida.

Empatia com o leitor: 20 exp. O mangá é extremamente interessante, um prato cheio para quem curte temas sobrenaturais e muita ação, zero romance neste aqui meninas (hahaha)! Mas não se sintam intimidadas com este mangá, como é um seinen, não possui lutas exageradas e sem sentido, é realmente muito bom!

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: