Terraria

Home / Resenhas / Games / Terraria
Caio Racy

Caio Racy

Ex-colaborador em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Caio Racy já foi colaborador da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ele? Confira abaixo! =]
Caio Racy

Últimos posts por Caio Racy (exibir todos)

 

Lá vou eu novamente com meus jogos de sobrevivência e construir coisas… Terraria surgiu no mercado para competir com o famoso Minecraft, tendo como grande diferencial a perspectiva em 2D, com gráficos simples e interface de fácil uso por parte dos jogadores. Lançado em 2011, ainda é atualizado com muitos updates que mudam os elementos do jogo de forma substancial (sempre dá vontade de começar tudo “do zero” em busca das novidades). Preparados para um mundo aberto GIGANTE em formato plataforma? Cave, lute, explore, construa! Nada é impossível nesse jogo de aventura carregado de ação.


Ficha Técnica

Titulo Original: Terraria

Genero: Ação, Aventura, Sandbox, Survival, Indie.

Lançamento: 2011.

Desenvolvedora: Re-Logic.

Distribuidora: Re-Logic.

Plataforma: PlayStation 4, Microsoft Windows, Android, Xbox One, iOS, Nintendo 3DS, Playstation 3, Xbox 360, Playstation Vita, Wii U, Linux, Windows Phone, Mac OS. (não sei dizer qual plataforma não tem suporte)


Impressões Gerais

Com tela de criação de personagens e várias opções de customização, o jogo já ganha pontos positivos “de cara” no quesito de deixar o player mais à vontade com seu personagem. Assim como outros games do gênero, Terraria possui criação randômica de mapas, com o diferencial de poder salvá-los na nuvem acessá-los em qualquer outro lugar.

O jogo faz uso do básico esquema de sobrevivência: você começa com seu inventário vazio e coleta materiais para descobrir o que é possível fazer com eles. Ao evoluir no jogo, você se deparará com NPCs que te auxiliam como guides. Eles lhe dizem o que deve ser feito e de quanto material você precisa. Para contar com o apoio dos mesmos, basta criar casas e convidá-los para habitar seu mundo!

 

Você pode montar sua casa com bastante espaço e quantos quartos quiser

 

Para quem gosta de explorar, Terraria é um prato cheio, principalmente dentro das cavernas. Nelas você consegue buscar minérios, achar baús escondidos, desarmar armadilhas e descer até áreas ocultas em que nenhum outro ser humano conseguiu pisar.

Com a exploração dos mundos, vários tipos de terrenos e biomas podem ser encontrados (floresta, corruption, neve, deserto), cada um deles com seus itens, monstros característicos. Todo ambiente tem um comportamento dinâmico, estimulando o jogador a revisitar áreas antigas e observar novidades e o que foi modificado.

 

Um dos muito biomas existentes.

 

O bioma de corruption esconde vários segredos de Terraria, como minérios que não podem ser quebrados tão facilmente, altares e orbes misteriosos. Fora isso, há uma espécie de dungeon com um senhorzinho muito peculiar na porta, dizendo que está amaldiçoado e cabe a você livra-lo dessa maldição.

 

Ajude o velho, mas cuidado.
O velho e sua maldição

 

Prepare-se para muitos bosses espalhados no mundo de Terraria! Mais facilmente derrotáveis com itens e sets específicos (entre os meus favoritos estão as asas, montarias e cajados que lançam de tudo). Com a evolução do jogo, você descobrirá um Inferno embaixo do seu mundo. Pode ser interessante explora-lo e descobrir seus segredos, principalmente se você gosta de demônios voadores que gostam de fazer práticas voodoo.

 

Aqui as coisas começam a ficar perigosas... cuidado com aquele demônio!
Aqui as coisas começam a ficar perigosas… cuidado com aquele demônio!

 

Um dos grandes diferenciais de Terraria é que quase tudo que o jogador consegue ver e interagir tem um propósito. Um simples boneco inofensivo, pode encadear uma série de ações ou até mesmo disparar o inicio de uma luta contra um chefe. Nada é explicitado ao player, cabe a nós a a vontade de explorar e descobrir por si só como deve seguir seu próprio caminho e avançar na história do jogo. Claro, não podemos esquecer que tudo se torna muito mais divertido com os amigos, então explorar e sobreviver em equipe nesse mundo único proporcionado por Terraria é uma experiência muito agradável de se vivenciar. Chame o pessoal e bora pra aventura. Nos encontramos lá. 🙂

 

corrupção vermelha e itens aprimorados!
Corrupção vermelha e itens aprimorados.

História: 10 exp. Não possui  uma linha temporal com conversas ou missões que façam você progredir e entender o que está acontecendo. É muito sutil, só quem joga entende que tem uma narrativa ali, bem simples e bem adaptada ao estilo de jogo.

Gráficos: 13 exp.  Apesar dos gráficos em 2D estilo vintage, a empresa ainda lança updates visuais a fim de melhorar a experiência com os objetos, os quais já são muito satisfatórias (mudanças leves e bonitas que dão muita diferença entre cada atualização).

Jogabilidade: 17 exp. Interface simples e fácil de entender. Alguns comandos deixam a desejar e faltam algumas coisas que podem irritar o jogador na hora da construção, mas nada fora do normal.

Replay: 20 exp. Como foi dito no começo da resenha, sempre que uma atualização é lançada, me sinto vontade de voltar a jogar esse jogo do zero com meus amigos.

Som: 18 exp. Trilha sonora muito bem desenvolvida, cumprindo o seu papel de fazer a imersão do jogador com o que está está acontecendo/para acontecer no cenário.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: