Summoners War: Sky Arena

Home / Resenhas / Games / Summoners War: Sky Arena
Helder Kazume

Helder Kazume

Ex-colaborador em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Helder Kazume já foi colaborador da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ele? Confira abaixo! =]
Helder Kazume

Últimos posts por Helder Kazume (exibir todos)

 

Antes de começar, vamos a um questionário simples: você gosta de MMORPG’s (Massive Multiplayer Online RPG)? De PvE (Player vs. Environment – batalhar contra o “ambiente”)? PvP (Player vs. Player)? Gosta de Raid (juntar os amigos pra derrotarem um chefão juntos)? Estratégia? Se a resposta pra todas as perguntas for “sim”, Summoners War é o jogo feito para você!


Ficha Técnica

Título Original: Summoners War: Sky Arena

Desenvolvedor: Com2Us

Distribuidor: HIVE

Gênero: RPG, Estratégia em Turnos

Lançamento: Junho de 2014

Plataforma: Android e iOS

Online: Sim


14678030_1328047117236195_267623131_o
Tela Principal

 

O jogo possui uma história que, particularmente, considerei bem boba e clichê. Como percebi que não era um dos pontos fortes, quis ir direto pra ação. Não me arrependo, já que acho que acabei extraindo “o melhor” do jogo. Summoners War depende do fator sorte para conseguir bons summons (monstros usados para batalhar), mas isso é parcialmente equilibrado com as Runas – equipamentos do jogo que lhe dão vantagens únicas ou melhoram seus status básicos. As runas são capazes de transformar um monstro, aparentemente fraco, no terror dos monstro naturalmente mais fortes!

A jogabilidade das batalhas é simples e intuitiva: sistema por turnos, onde você seleciona os monstros, inicia o combate, seleciona as habilidades e ataca um alvo. Mais adiante, você libera o modo automático das batalhas que ajuda muito nos ups! Fora das batalhas, é só controle de itens, formação de lutas, equipamentos, etc. etc. etc.

Os summons são divididos por Despertáveis (estrelas amarelas), Não Despertáveis (estrelas cinzas) e Despertados (estrelas roxas). Também são divisíveis em 5 elementos: Fogo, Água, Vento, Escuridão e Luz (fogo>vento>água>fogo e luz>trevas>luz). Quanto mais estrelas o monstro tiver, mais forte ele será. Você pode evoluir um monstro de 1 até 6 estrelas, mas isso dificilmente será compensador. A forma mais comum de conseguir os monstros são abrindo os pergaminhos, que são divididos em: Desconhecido (1 a 3 estrelas), Místico (3 a 5 estrelas) e Lendário (4 a 5 estrelas) para monstros dos elementos fogo, água e vento, e Pergaminhos Light and Dark (3 a 5 estrelas) para monstros de luz e escuridão. Mas não se engane! Como já disse, nem sempre um Natural 5* (evocado 5 estrelas dos pergaminhos) será mais forte que um Natural 3* bem runado!

 

14724286_1328047197236187_601882974_o
Tela dos Monstros

 

As runas possuem características específicas, algumas aumentam porcentagens de HP (health points – pontos de vida), defesa, ataque, chance crítica, dano crítico, resistência, precisão ou velocidade; outras possuem características específicas como chance de dar stun (deixar grogue), chance de ganhar outro turno, vampirismo (rouba HP do inimigo), destruir o HP do inimigo (não pode ser curado uma quantia destruída), dar imunidade, escudo, contra-ataque, aumentar HP/Def/Atk/Precisão/Resistência dos aliados. Cabe a você decidir qual sua melhor estratégia a ser usada “combando” habilidades naturais com runas.

O grande forte do jogo é a elaboração de estratégias de ataque, já que não basta simplesmente dar dano bruto e curar. Há partes em que é mais fácil matar os inimigos deixando DoTs (Damage over Time – dano com o tempo) que diminuem 5% de HP por turno, quebrando o ataque/defesa, ou aumentando sua quantidade de turnos por meio de velocidade.

 

14672616_1328047357236171_1125302635_o
V I C T O R Y \o/

 

No início, é MUITA informação chegando de uma só vez. Parece meio complicado, mas à medida que você avançar e entender a mecânica do jogo, ficará cada vez mais mais interessado! Outro ponto forte é que, independente do nível, você sempre terá novas coisas para fazer: Batalhas PvP nas arenas (defesa controlada por inteligência artificial) ou live arena (defesa controlada pelo player), masmorras (para pegar runas e pergaminhos), cenários (para ganhar experiência pros seus monstros evoluírem), Raids (juntando seus amigos ou indo com gente aleatória para derrotar um dragão de três cabeças), batalhas de GvG (Guild vs Guild). Em suma, jogo altamente recomendado!

História: 5 exp. Clichê e fraca. É chato por não poder pular!

Gráficos: 20 exp. Para um jogo de smartphone, os gráficos são realmente muito lindos.

Jogabilidade: 15 exp. Muito simples e fácil. Mas necessita de sorte e tem muita informação pra novos jogadores.

Replay: 20 exp. Muita coisa pra fazer, você não vai se cansar uma vez que tenha entendido os mecanismos.

Som: 5 exp. Nada de especial, deixo sem som pra não incomodar as outras pessoas.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: