Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses

Home / Resenhas / Anime / Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses
Helton Kazume

Helton Kazume

Colaborador em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Helton Kazume é colaborador da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ele? Confira abaixo! =] Se quiser conhecer mais sobre este colaborador, acesse "Nossa Equipe" no menu principal!
Helton Kazume

Últimos posts por Helton Kazume (exibir todos)

 

Quando pronunciamos as palavras “anime” e “mangá”, a imagem imediata que vêm a mente de muitos é a de um dos embaixadores olímpicos de 2020: Son Goku, o vovô sayajin comilão que nunca envelhece. Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses é o 18º filme adaptado de Dragon Ball Z, cujos acontecimentos foram adaptados na Saga Batalha dos Deuses de Dragon Ball Super, mais precisamente, entre os capítulos 517 e 518 do mangá A história envolve o vilão Bills, o Deus da Destruição, que busca um adversário digno de seu poder e viaja, junto com seu companheiro Whis, para a galáxia do norte a fim de desafiar Goku para uma batalha. Uma batalha que decidirá o destino da Terra.

 

“Já te falaram que você parece um dos backyardigans?”

Ficha Técnica

Título original: Dragon Ball Z: Battle of Gods (ドラゴンボールZ 神と神)

Gênero: Ação, Aventura.

Lançamento: 30 de Março de 2013 (Japão) / 11 de Outubro de 2013 (Brasil)

Criadores: Akira Toriyama e Yusuki Watanabe

Diretor: Masahiro Hosoda

País de origem: Japão.

Duração: 85 minutos.

Produtora: Toei Animation


História

Durante um treinamento no Planeta do Senhor Kaioh, Goku descobre a existência de um ser muito forte chamado de Bills, o Deus da Destruição.  Bills é um dos muitos deuses com  poderes inimagináveis que dão vida às formas e mundos. Goku, sem ideia da existência de tais entidades, cria um forte desejo de lutar contra Bills. Mas não é preciso que Goku vá procurá-lo, pois Bills está vasculhando naTerra o Deus Super Saiyajin responsável pela morte de Freeza, disposto a destruir o planeta inteiro caso ninguém se manifeste. Para tentar salvar o planeta, Goku e seus amigos recorrem as Esferas do Dragão. Conseguirá Goku se tornar um deus Super Saiyajin e derrotar o terrível vilão Bills? Descubra no próximo episódio de Dragon Ball Z que será: _______________ (música de encerramento).

 

dragon ball z bills vs goku
O coro vai comer nesta épica batalha (ou não)

 


Impressões Pessoais

Sendo bem objetivo: esperava mais desse filme. Tive a impressão de que as batalhas estão muito aquém das “fodásticas” batalhas que conhecíamos do Dragon Ball antigo. A principal luta do filme de Goku vs Bills, pareceu mais um treinamento do que uma luta de verdade. Contudo, a ausência de batalhas não é o único ponto forte, o filme tem o mesmo “lenga-lenga” da série com a diferença de ter somente 85 minutos para tudo se desenrolar.  O conceito de personagens Deus sendo tão ordinariamente usado também parece, um pouco exagerado. Acho legal a iniciativa o lançamento de mais episódios e filmes para os fãs de uma série tão antiga quanto Dragon Ball, mas é necessário ter cuidado para que os conceitos não se tornem tão sem criatividade ou apelativos.


Personagens Principais

 

 

Kakarotto (カカロット)

Também conhecido como Son Goku ou apenas Goku. É o protagonista, tanto do enredo original do mangá quanto do filme. É membro de uma raça extraterrestre, os Saiyajins, seres com grande poder de destruição.

 

 

Chi-Chi (チチ)

Esposa de Goku e mãe de Gohan e Goten. Uma mulher que zela pelo bem-estar da família. Deseja que seus filhos não sigam o estilo de vida do pai, que sempre está envolvido em lutas. Contudo, seu desejo sempre é frustrado pelas constantes ameaças a Terra.

 

 

 

Vegeta (ベジータ)

Membro e príncipe da raça extraterrestre, Saiyajins. Conhecido por ser arrogante e orgulhoso, não aceita que Goku seja mais forte do que ele.

 

 

 

Bulma (Bulma Briefs, ブルマ ブリーフ)

Esposa de Vegeta e filha do fundador da Corporação Capsula. É uma cientista brilhante e suas invenções são de grande importância, como o Radar do Dragão, um radar que mostra a localização das esferas do dragão.

 

 

 

Son Gohan (孫 悟飯)

Filho de Goku e Chi-Chi e o primeiro hibrido entre  humano e Saiyajin. No inicio é um garoto chorão, mas com o tempo se transforma em um grande guerreiro Saiyajin que adora enfrentar inimigos mais fortes.

 

 

 

Trunks (Trunks Briefs, トランクス ブリーフ)

Filho de Vegeta e Bulma, também um hibrido entre humano e Saiyajin. Mesmo durante a infância já conseguia se transformar em Super Saiyajin, o que impressionou a todos.

 

 

 

Son Goten (孫 悟天)

Segundo filho de Goku e Chi-chi. Junto com Trunks, eles conseguem realizar a técnica da Fusão através da Dança Metamoru, resultando em Gotenks, um forte Saiyajin.

 

 

 

O Deus da Destruição Bills (破壊神ビルス)

O antagonista e o Deus da Destruição do sétimo universo, que no total são 12. Apesar de ser um deus ele tem um treinador e assistente, chamado Whis, que o acompanha em todos os lugares.

 

 

 

Whis (ウイス)

Treinador e assistente de Bills, o Deus da Destruição. Responsável por ajudar a evitar que Bills saia destruindo planetas. É bastante distraído, mas tem personalidade calma e pacifica, ao contrário do seu discípulo.

Ritmo: 11 exp. A história é um pouco travada e prejudica o ritmo do filme.

Personagens: 17 exp. Eles não perderam suas principais características desde os primeiros episódios, o que torna seu efeito nostálgico.

Qualidade da plot: 12 exp. Muita enrolação, piadas sem graça e poucos acontecimentos de importância.

Cuidado com os detalhes: 15 exp. Como Dragon Ball visa atingir majoritariamente o público infantil (ou as crianças que viraram adultos), não há muitos detalhes complexos para se preocupar. Não é que faltam detalhes, mas que o conceito não exige. Uma criança de seis anos facilmente conseguiria entender o filme.

Empatia com o telespectador: 13 exp. Apesar do anime ser shonen e os personagens serem carismáticos, há muitas piadas sem graça que se distanciam do senso de humor que víamos em Dragon Ball.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: