Sushi Go!

Home / Resenhas / Card Games / Sushi Go!
GuiToledo

GuiToledo

Colaborador em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Guilherme Toledo é colaborador da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ele? Confira abaixo! =] Se quiser conhecer mais sobre este colaborador, acesse "Nossa Equipe" no menu principal!
GuiToledo

Últimos posts por GuiToledo (exibir todos)

 

Está a procura de um jogo barato, pequeno e simples, mas belo e cativante? Sushi Go é um card drafting game que promete impressionar a todos com suas fofas cartas de sushis, que não apenas deixarão todos com fome. Esse card game serve como um ótimo jogo filler, ou seja, um jogo leve e rápido para ser jogado entre outros maiores e mais complexos ou quando os participantes não possuem muito tempo disponível para um jogo maior.

 

pic2368805

 

Na bonita caixa de metal em que o jogo vem, há apenas o manual e um baralho de 108 cartas. Em uma partida, constituída de 3 rodadas, são distribuídas cartas para cada jogador. Dentre elas, ele deve escolher uma para ser jogada e a coloca na mesa virada para baixo. Após todos terem escolhido, as cartas são reveladas e as não escolhidas são entregues para o jogador ao lado. Assim, a rodada continua até todas as cartas terem sido jogadas. Nesse ponto, algumas cartas são pontuadas e descartadas. Novas cartas são entregues e o processo se repete até que 3 rodadas tenham acontecido e, após uma pontuação final, o jogador com mais pontos vence.

A beleza do jogo encontra-se na maneira com que cada carta pontua. Algumas pontuam baseadas na quantidade de cartas de um certo tipo, como os sashimis, mas outras só pontuam em circunstâncias corretas, como o jogador possuir uma quantidade certa daquele tipo, o tempurá, por exemplo, necessita de 2 cópias. Outras cartas apenas dão habilidades especiais, como o wassabi, que aumenta a pontuação do próximo sashimi jogado. Por fim, os pudins apenas pontuam no final do jogo e são os únicos a permanecer em jogo entre as rodadas. Eles subtraem pontos do jogador com a menor quantidade e somam para o jogador com a maior. Esses são apenas alguns exemplos de cartas e a escolha que o jogador deve fazer a cada rodada deve basear-se nas suas próprias cartas mas também nas cartas que seus adversários já jogaram, pois ao decidir não pegar um tempurá, por exemplo, você corre o risco de dar o 2º para seu oponente, permitindo que ele pontue.

O jogo é simples, mas sua bela arte e jogabilidade limpa permitem uma ótima experiência de 15 minutos, como uma boa refeição. Internacionalmente, há o Sushi Go Party, uma versão que inclui mais cartas, permite mais jogadores e faz com que possam ser escolhidos quais ingredientes serão utilizados naquele determinado jogo, ao invés de se utilizar sempre os mesmos como na versão básica.

Ficou com vontade de jogar? É só clicar aqui para comprar com condições super especiais.


Ficha Técnica

Título original: Sushi Go!

Criador: Phil Walker-Harding

Tempo Médio: 15 min.

Número de Jogadores: 2 – 5

Lançamento: 2013

Distribuidora: Devir

Preço Médio: R$49,90 (24/11/2016) – Compre aqui

Mecânica: 12 exp. O sistema de card drafting é simples mas funciona bem em diversos jogos. E este não é exceção. Minha única crítica está na simplicidade do jogo, pois apenas o drafting faz com que eu deseje mais, e aqui, não há mais.

Dinâmica: 12 exp. Na hora das escolhas, os jogadores devem levar em conta o que os outros estão escolhendo, mas mesmo assim, como apenas uma carta é escolhida em cada mão antes dela ser passada, provavelmente cartas boas serão entregues aos adversários. Isso faz com que cada um foque no próprio jogo e só olhe o que os outros estão fazendo no final de cada rodada.

Sorte/Estratégia: 15 exp. Mesmo que você dependa das cartas que receber de seus oponentes, geralmente há diversas boas opções para serem escolhidas. O jogador que irá vencer é aquele que analisar qual carta vale a pena arriscar e qual deve ser passada. Mas, mesmo assim, ainda é um jogo de cartas e a sorte ainda pode te atrapalhar, independente de toda a estratégia utilizada.

Replay: 10 exp. Como o mesmo baralho de cartas é utilizado em cada partida, rapidamente os jogadores irão enjoar das cartas. Como Sushi Go é um jogo rápido e simples, ele não deve ser o principal jogo da noite, mas sim deve ser jogado entre outros jogos mais complexos ou com crianças, por exemplo. Mesmo com a repetição, após alguns dias sem ele, você vai querer observar a bela arte novamente e dar mais uma chance ao jogo. Se você conseguir pegar a versão Sushi Go Party, o replay é extremamente ampliado, valorizando ainda mais o jogo.

Design: 18 exp. Pouco nesse aspecto deixa a desejar. Desde a caixa de metal com alto relevo até a fofa arte nas cartas impressionará todas as crianças e os adultos. Só não dou nota máxima, pois eu gostaria que fosse incluído uma maneira de se marcar as pontuações (como foi adicionado em Sushi Go Party).

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: