Webtoon #6: unOrdinary

Home / Indicazorg / Webtoon #6: unOrdinary
Mari

Mari

Colaboradora em Com'Aboard Geek Culture
Você sabia que Mariana Pelissoli é colaboradora da Com'Aboard? Quer ler resenhas publicadas por ela? Confira abaixo! =] Se quiser conhecer mais sobre esta colaboradora, acesse "Nossa Equipe" no menu principal!
Mari

Últimos posts por Mari (exibir todos)

 

“O mundo não é perfeito. Aprender como lidar com suas falhas é apenas uma parte normal da vida. Mas chega um ponto onde estas imperfeições geram uma esmagadora realização… de que algo precisa mudar…”

unOrdinary publica capítulos novos às quintas-feiras. Infelizmente, essa série ainda não possui tradução para o português… 🙁
Mas pode ser lida em inglês (clique aqui para conferir)!

Saiba mais sobre a história neste review!
Preparados? 😉


Ficha Técnica

Título original: unOrdinary

Autor: Uru-chan

Gênero: Fantasia

País de Origem: Estados Unidos

Lançamento (país de origem): 24/05/2016

Lançamento (Brasil): não possui

Editora: LINE Webtoon

Tradução: não possui

Edição: LINE Webtoon

Volumes: 40+ capítulos

Preço Médio: Grátis


História

Em um mundo onde a hierarquia é construída através da força, o mais forte comanda e o mais fraco obedece. Simples assim. Mas o que acontece quando alguém questiona esse sistema?

É exatamente isso que o livro “Unordinary”, escrito pelo pai do protagonista, trata: uma pessoa com um grande poder usa-o em favor dos mais fracos, ao invés de usá-lo em benefício próprio. A ideia do livro foi considerada terrível, o que fez com que fosse retirado das estantes e proibido de circular.

A violência é algo muito comum no mundo de unOrdinary, já que tudo é decidido através da força. E é exatamente nesse contexto violento que as escolas estão inseridas. Tanto a violência como a competitividade são encorajadas através das “Turf Wars”, que nada mais são do que uma guerra travada entre os mais fortes de cada escola, para ver quem é o melhor. A Wellston Private High School é uma das escolas mais prestigiadas, conhecida por ter os estudantes mais fortes e inteligentes do país.

Sim, brigas e batalhas viraram a solução para basicamente tudo, desde disputas sobre um mero pedaço de bolo ou uma caneta quebrada até atitudes para “mostrar quem manda”. As lutas no interior da escola, aparentemente, são permitidas.

 

Arlo e Remi brigam pelo último pedaço de bolo da cafeteria

 

John Doe, o nosso personagem principal, acabou de entrar nessa escola famosa e ninguém sabe como, já que ele parece ser um Cripple (Aleijado), ou seja, uma pessoa que nasceu sem habilidades. Apesar de possuir um bom condicionamento físico, raciocínio rápido e conhecimento de artes marciais, isso pode não ser suficiente para que ele consiga se defender de alguém que possui uma habilidade “a mais”, como fortalecer o próprio corpo, controlar correntes elétricas ou até criar barreiras de energia. Além de tudo, John não consegue ver uma pessoa sofrendo bullying sem interferir, o que o leva a mais visitas à enfermaria do que ele gostaria.

Mas nem tudo é ruim para John, já que ele é o melhor amigo de Seraphina, a pessoa mais forte da escola, que acaba ajudando-o de vez em quando. Ele não anda com ela porque precisa de proteção (apesar de a ajuda dela ser sempre bem vinda). John não liga nenhum pouco para essas coisas e não gosta de pessoas que exibem seus poderes e os usam para provar que estão certos – ele considera Sera uma exceção.

Veja abaixo o trailer da série, é impossível não querer ler depois de assisti-lo:

 


Turf Wars

Turf Wars é um combate entre as escolas para ver qual delas tem os estudantes mais fortes. A batalha funciona da seguinte maneira: cada escola escolhe 4 dos seus mais fortes estudantes para lutar entre si em uma batalha 1×1 ou 3×3. Não se sabe ao certo se, além de determinar o mais forte, há mais algum outro motivo para a Turf Wars.

Não há muitas regras na batalha. Cada um pode fazer o que quiser para vencer o oponente, até que ele morra ou seu time dê a batalha como perdida. Vence quem ganhar o maior número de batalhas.

Os participantes são conhecidos dentro da escola como Royals (Realeza) e possuem títulos de acordo com o seu ranking, baseado nas cartas de baralho. King (Rei) é normalmente o estudante mais forte da escola, e Queen (Rainha) a mais forte. Jack (Valete) é um estudante adepto a lutas (e também um dos mais fortes) e, por último, temos o Healer (Curador/Médico), que não entra em combate, mas cuida dos membros feridos nas batalhas.

O time Wellston:

Arlo como King e Remi como Queen

Byke como Jack e Elaine como Healer

 

Seraphina costumava ser a Queen antes de Remi, mas por motivos ainda desconhecidos, desistiu do seu posto.


Sobre a autora

Você pode acompanhar a autora Uru-chan em suas redes sociais e saber um pouco mais sobre a série, além de algumas imagens extras dos personagens.

Twitter // DeviantArt // Instagram // Patreon // Tapastic

Essa webtoon fez parte do Challenge League do LINE Webtoon, e, antes de se tornar uma webtoon do LINE, também podia ser lida no Tapastic.

Uru-chan, apesar de ter um retorno financeiro da LINE para publicar sua webtoon, fica muito tempo desenhando em seu computador, o que começou a afetar sua saúde física. Para que isso não chegue a impedir o andamento da série, ela também está buscando ajuda de leitores através do Patreon, para que assim consiga contratar um time de artistas para ajudar na publicação de unOrdinary.

Mas o que é o Patreon?

O Patreon é um sistema de doações mensais, em que os doadores recebem uma pequena contrapartida do autor pela doação, como desenhos e conteúdos exclusivos. É um recurso muito comum utilizado para financiar o seu trabalho e, assim, se tornarem artistas 24/7! As doações começam em US$1 e cada categoria de doação recebe algo diferente. As categorias e recompensas são criadas pelo autor e estão descritas na página, nela você também pode ver o quanto o autor está recebendo e o objetivo dele.

Se você se interessou pela história e quiser ajudar, é só clicar aqui!


Personagens

*NOTA: Decidi colocar apenas os dois personagens principais para evitar spoilers da série.

John Doe

John é um garoto que apesar de, aparentemente, não possuir nenhum poder especial, acabou entrando em Wellston. Ele tem um grande senso de justiça e não suporta ver pessoas sofrendo bullying, o que o faz intervir e, consequentemente, acabar na enfermaria. Assim como seu pai, autor do livro “Unordinary”, ele acredita na filosofia de proteger os fracos. Mesmo ficando uma gracinha com o cabelo bagunçado, ele insiste em passar gel no cabelo, o que deixa uma aparência bem esquisita. Ele é o melhor amigo de Seraphina – os dois estão sempre juntos.

*Curiosidade: John Doe é o nome utilizado por autoridades americanas e canadenses quando a identidade de uma pessoa é desconhecida, mas precisam se referir à ela de algum modo. Por exemplo, na série de TV Blindspot, eles nomeiam a personagem principal, que perdeu a memória e não sabe seu verdadeiro nome, como Jane Doe, a versão feminina do nome. Será que isso é uma pista de que esse não é o seu verdadeiro nome?

Seraphina

Seraphina é uma garota calma que não liga para praticamente nada. Ela é a estudante mais forte de Wellston e sua habilidade, apesar de ainda não ter sido explicada, parece ter algo a ver com o controle do tempo. Essa habilidade foi classificada como nível 8 (de um total de 10). Além disso, ela é extremamente inteligente e praticamente a melhor em tudo o que faz, o que a faz ficar entediada com as coisas facilmente. Ela é bastante competitiva, mesmo quando se trata de jogos de celular – ela vive jogando com John “Slappy Pig” ou “Angry Pigs”, hahaha! Antes de conhecer John, Seraphina era muito diferente: obcecada em ser a estudante perfeita, estava sempre impecável e não perdoava ninguém que se colocasse em seu caminho.

Sim, era exatamente o que você estava imaginando xD


Impressões Pessoais

A história aborda o conflito entre os mais fortes e os mais fracos. O que é mais interessante no mundo de unOrdinary é que o mais lógico é exatamente o contrário do que a gente normalmente pensa, já que o “ordinário” é que o mais forte pode fazer o que bem entender, sem se preocupar se está passando por cima de alguém mais fraco, e os “não ordinários” são aqueles que usam os seus poderes pelos outros, protegendo-os.

Os personagens são bem interessantes, principalmente John e Seraphina, que tem uma amizade inusitada, já que no contexto em que eles estão inseridos, dificilmente a garota mais forte da escola se relacionaria com aquele considerado o mais fraco. Até as pessoas com habilidades em um nível considerado baixo se sentem superiores a John, que em tese não possui habilidades. Por esse motivo, não pensam duas vezes antes de praticar bullying contra ele. Para muitos, a amizade dos dois chega a ser inadmissível. John e Seraphina parecem possuir um passado cheio de mistérios, mas mesmo com mais de 40 capítulos, ainda falta muito a ser dito sobre eles e sobre os outros personagens também. Até agora, muitos apareceram muito superficialmente.

Como podem ver, os desenhos de Uru-chan são muito bonitos, coloridos e fofos, o que é bem contrastante com a quantidade de violência que aparece nesta webtoon…

Eu não consegui classificar a história entre shoujo ou shounen, já que ela tem qualidades para ser de ambos os gêneros. Existe muito potencial para futuros romances, mas como o desenvolvimento da história é um pouco lento, tem muita luta para acontecer ainda antes de casais começarem a se formar, hahaha!

Adoro quando as histórias possuem protagonistas femininas que “sabem se cuidar sozinhas”. Nesse caso, Sera não apenas sabe se cuidar, ela é a aluna mais forte da escola. Apesar dela ter mais potencial para salvar John que o contrário, ele também sabe se virar muito bem sem precisar contar com a proteção dela, o que é um ponto positivo para ambos os lados na minha opinião.
Por isso recomendo muito essa série para os dois gêneros, o mundo de unOrdinary tem muitos personagens interessantes para descobrirmos, o difícil é esperar uma semana para saber um pouquinho mais da história… que tortura! >_<

Uma pena ainda não ter a versão em português… :/

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: